Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

de pornografia erudita - valter hugo mãe

 

 

 

 

 

 

 

coisa por acontecer, um

 

 

 

 

 

 

fode-me, valter, agora

 

nesta nesga de sombra, antes que o

 

meu pai chegue, antes que a pele

 

seque e a velhice nos surpreenda

 

sem que tenhamos aproveitado a

 

juventude

 

 

 

fode-me, antes que fique

 

irremediavelmente romântica e perca,

 

meu querido, para sempre, o

 

elogio animal dos nossos corpos

 

 

 

 

 

 

 

 

                                             valter hugo mãe

 

 

 

 

 

 

 

 

.

                                           

música: valter hugo mãe - coisa por acontecer, um - pornografia erud

publicado por paulokauim às 07:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 19 de Abril de 2009

provençal pós-humano


essa

noite

teve

s o l


publicado por paulokauim às 21:51
link do post | comentar | favorito
|

arnaldo antunes e nando reis

 

 

 

não vou me adaptar

 

 

 

 

eu não caibo mais nas roupas que eu cabia,
eu não encho mais a casa de alegria.
os anos se passaram enquanto eu dormia,
e quem eu queria bem me esquecia.
 
será que eu falei o que ninguém ouvia?
será que eu escutei o que ninguém dizia?
eu não vou me adaptar.
 
eu não tenho mais a cara que eu tinha,
no espelho essa cara já não é minha.
mas é que quando eu me toquei, achei tão estranho,
a minha barba estava desse tamanho.
 
será que eu falei o que ninguém ouvia?
será que eu escutei o que ninguém dizia?
eu não vou me adaptar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
arnaldo antunes e nando reis
 
 
 
 
 
 
.

 


publicado por paulokauim às 19:40
link do post | comentar | favorito
|

paisagem pelo telefone

 

 

 

paisagem pelo telefone

 

                         joão cabral de melo neto

 

 

 

 

 

 

Sempre que no telefone
me falavas, eu diria
que falavas de uma sala
toda de luz invadida,

 

sala que pelas janelas,
duzentas, se oferecia
a alguma manhã de praia,
mais manhã porque marinha,

 

a alguma manhã de praia
no prumo do meio-dia,
meio-dia mineral
de uma praia nordestina,

 

Nordeste de Pernambuco,
onde as manhãs são mais limpas,
Pernambuco do Recife,
de Piedade, de Olinda,

 

sempre povoado de velas,
brancas, ao sol estendidas,
de jangada, que são velas
mais brancas porque salinas,

 

que, como muros caiados
possuem luz intestina,
pois não é o sol quem as veste
e tampouco as ilumina,

 

mais bem, somente as desveste
de toda sombra ou neblina,
deixando que livres brilhem
os cristais que dentro tinham.

 

Pois, assim, no telefone
tua voz me parecia
como se de tal manhã
estivesses envolvida,

 

fresca e clara, como se
telefonasses despida,
ou, se vestida, somente
de roupa de banho, mínima,

 

e que por mínima, pouco
de tua luz própria tira,
e até mais, quando falavas
no telefone, eu diria

 

que estavas de todo nua,
só de teu banho vestida,
que é quando tu estás mais clara
pois a água nada embacia,

 

sim, como o sol sobre a cal
seis estrofes acima,
a água clara não te acende:
libera a luz que já tinhas.


 

 


publicado por paulokauim às 01:49
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 18 de Abril de 2009

...

 

a

jangada

escorrega

ao

mar

divino

homero

por

odorico


publicado por paulokauim às 22:37
link do post | comentar | favorito
|

ir

 

 

 

é

 

r

i

s

c

o

 

d

i

s

s

e

 

a

u

g

u

s

t

o

 

 

.


publicado por paulokauim às 22:32
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

zii e zie música de invenção no brasil

zii e zie

música de invenção brasileira

 

 

já fui devorado duas vezes por este  experimento

 

 

o mundo agora é outro

 

mesmo depois do mesmo sol

 

moreno e sá

 

 


publicado por paulokauim às 05:14
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

sarau poesia de segunda

nonato dente de ouro jogando luz jagunça sobre o sarau POESIA DE SEGUNDA

no quiosque cultura do ivan lá no conic. fui para ver-sentir o nonato mas acabei

dando uma canja hai kai no samba

 


publicado por paulokauim às 03:43
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

GREVE DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA EM BRASÍLIA

 

 

 

 

quem não respeita acordo

 

 

não tem ética para ocupar cargo público

 

( lembram-se do painel no congresso? )

 

 

chega de gastar nosso dinheiro com viadutos inúteis feito o da entrada de águas claras

 

 

na e.p.t.g.

 

 

pelo pagamento do aumento do salário dos professores já

 

 

GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE GREVE

 


publicado por paulokauim às 23:45
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

ADEUS, CALIANDRAS

 

 

 

Adeus, Caliandras!

Velhos tempos os de Eduardo e Mônica, personagens da canção de Renato Russo. Eles iam ao Parque da Cidade passear, à Cultura Inglesa ver um filme, à Escola Parque assistir a uma peça de teatro, e também ao Teatro Galpão, não perdiam o Concerto Cabeças, etc. Tempos em que podiam jogar uma conversa fora embaixo do bloco onde moravam; ou mesmo, sem qualquer preocupação, pegar um ‘busão’ e se mandar para Taguatinga para acompanhar a programação do Teatro Rola Pedra etc.

O romantismo acabou. A cidade cresceu, ou melhor (pior), inchou. Foram tantas as doses de botox político nos currais eleitorais do Centro-Oeste, que hoje, quase não se reconhece mais o velho Distrito Federal doutros tempos, agora obeso, maltrapilho e jogado na sarjeta. De tempos em tempos, alguém se lembra de lhe dar um prato de sopa, sob o viaduto fedorento, frio e desnudo da miséria, das drogas e da violência.

Vive-se hoje em Brasília, e no Distrito Federal como um todo, na base da paranóia coletiva, com o medo constante da própria sombra, e cada vez mais as pessoas se vendo trancafiadas atrás de grades, alarmes e câmeras de segurança, etc. Isso, para os que têm dinheiro, porque quanto ao pobre, ele continua sofrendo discriminações e estupros no bolso, na carne e na alma. Se de um lado, o trabalhador é assaltado pelo político, por outro, levam-lhe as parcas economias numa esquina qualquer da cidade que não tinha esquinas...

Investir em cultura e educação ninguém quer, não dá voto, não dá lucro. Preferem inaugurar postos policiais de fachada para “combater a violência”. Tudo tão medíocre e hipócrita quanto o choro de Joaquim Roriz ou de José Roberto Arruda na tribuna do Senado.

Brasília está tão descaracterizada que Eduardo e Mônica soam distantes e amarelados na memória, como o gramado nos tempos da seca. A cidade está secando moral, cultural e politicamente. O bom gosto, a irreverência e o rock se foram.

Imperam agora a violência, os playboys e o axé music.

Adeus, caliandras!

Adeilton Lima

 


publicado por paulokauim às 17:01
link do post | comentar | favorito
|

.blogosfera

contador grátis

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. nossa pista de sk8 não va...

. sonata em d

. meu amigo

. no existen los dioses

. 2014 começa na porrada de...

. nelson luiz

. cubahia

. semente

. outro brasil

. vida

.arquivos

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Carioca de (al)gema!

. Graffitis - Discussão

. Rua da Feira

. Tropecei na rede #003

.links

.mim é índio com negro com branco


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

SAPO Blogs

.subscrever feeds