Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Rapsódias em píxel

 

 

 

 

Rapsódias em pixel  



Com a chegada do Centro Cultural Banco do Brasil à Brasília, nossa cidade entra de-
fenitivamente na agenda da programação de grandes espetáculos do Brasil e do Exterior. A
vinda da Livraria Cultura ( com seu auditório/ teatro /sala de concerto ), amplia ainda mais o que tem se tornado uma cena cultural desejante.
Neste último sábado, 17 de dezembro, no pré-natal pós-moderno, foi realizado
o evento intersemiótico: polimorfirmos. Inferno, purgatório e paraíso? No primeiro aconte-
cimento, tivemos o poeta Francisco Kaq com suas oralizações de textos como: Beethoven.
Kaq fez uma homenagem aos dois inventores pernambucanos: João Cabral e Chico Science. No segundo momento, tivemos a feliz surpresa de assistir ao documentário de Teodoro Gontijo realizado nos anos 80 com o poeta Altino Caixeta. O terceiro momento,
foi a performance do artista multitudo: Ricardo Aleixo. Utilizando-se de bases pré-grava-
das em um cd, ele erigia ao oralizar seus textos, polifonias epifânicas. Transforma o palco
em terreiro de desconstrução da poesia, do poeta, da música, do belo. Ele anuncia outro
sublime. O palco, a voz, o corpo, a platéia, tornam-se obra naquele tempo efêmero. Aleixo
relança os dados da espetacularidade. Em seu poema: PARA UMA EVENTUAL CON-
VERSA SOBRE POESIA COM O FISCAL DE RENDAS, ele dechava o laboratório de um poeta inquieto, juntamente com sua vida e suas vísceras. Neste mesmo poema, Aleixo
nos devolve o humor que sempre foi caracterísco das vanguardas históricas. Para Eco,
citando a parte da Poética perdida de Aristóteles, o humor é transgressor e revolucionário.
È poeta quem junta duas palavras que nunca estiveram juntas. Aleixo e kaq: poesia
do início do século XXI, rapsódias em pixel.

 

 







Águas Claras, 20 de dezembro de 2005-12-20

Paulo kauim é poeta, arteducador, artista multimídia

 

 

 

 

 

.


publicado por paulokauim às 00:27
link do post | comentar | favorito
|

.blogosfera

contador grátis

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. nossa pista de sk8 não va...

. sonata em d

. meu amigo

. no existen los dioses

. 2014 começa na porrada de...

. nelson luiz

. cubahia

. semente

. outro brasil

. vida

.arquivos

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Carioca de (al)gema!

. Graffitis - Discussão

. Rua da Feira

. Tropecei na rede #003

.links

.mim é índio com negro com branco

blogs SAPO

.subscrever feeds